26 de junho de 2017

Espelho

Imagem da net

Espelho, espelho meu...

18 comentários:

  1. Respostas
    1. Não só mas... Também pode ser. :)

      Eliminar
    2. E sabemos o que temos? Ou melhor, sabemos reconhecer o que temos?
      Acho que não importa quem somos no interior, o que nos define são as nossas acções...

      Eliminar
    3. Convém reconhecer que não somos perfeitos e todos temos defeitos, contudo, importa ainda que consigamos reconhecer também o nosso lado positivo e as nossas virtudes. Faço muito esse exercício de modo a não cair em vaidades fáceis e exageradas, de forma a manter também a auto-estima. Acho que sei reconhecer, pelo menos tento...
      As nossas atitudes ou gestos revelam o nosso interior!

      Eliminar
    4. Nem sempre Clementina. Muitas vezes temos o pressentimento interior de que somos "boa pessoa" mas depois vamos tomar atitudes que vão prejudicar outras pessoas, logo, como podemos confiar na auto-avaliação que podemos fazer de nós próprios?

      Eliminar
  2. Por mais que se tente esconder, mais cedo ou mais tarde acabamos sempre por refletir aquilo que carregamos no peito.

    r: Parece que sim :)

    ResponderEliminar
  3. esta imagem está tão bonita! :) e acaba por ser mesmo verdade. ainda hoje de manhã estavam a falar de viver com máscaras no "você na tv" e eu acho que, por muitas máscaras que usemos, a nossa verdadeira personalidade acaba sempre por dar o ar de sua graça!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o pessoal do "você na tv"? aquilo que revelam na televisão também não são máscaras?

      Eliminar
    2. Sim, por vezes aparece o lado "personagem" mas aí é diferente...Contexto de trabalho (dar a cara na tv) e público alvo?! Compreensível, digo eu.

      Eliminar
    3. Sim mas...um personagem a falar de máscaras? Mesmo em contexto de trabalho acho um pouco estranho.

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Não há mesmo como fugir.
      A nossa essência a conversar connosco! :)

      Eliminar