28 de julho de 2017

Eis a questão

Imagem da net

Sinceramente? Acho que não... Não!

23 comentários:

  1. Respostas
    1. Acho que também prefiro estar sossegada e ser surpreendida. :)

      Eliminar
  2. Acho que sim, mas só se a história estivesse escrita até o momento vivido. Afinal, do passado tem coisas que não me lembro mais e o futuro, não quero saber.

    Abraços e feliz final de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo o que me dizes. Até ao momento presente ainda conseguia aceitar (talvez!) mas para o futuro, acho que prefiro ser surpreendida. :)

      Obrigada, Bom fim-de-semana.

      Eliminar
  3. Não sei. Por um lado, gosto da surpresa, da novidade, do não saber o que vem aí. Mas, por outro, a curiosidade ia ser imensa, por isso não sei até que ponto conseguiria resistir.

    r: Verdade!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, uma curiosidade imensa mas ao mesmo tempo... "perigoso".
      Prefiro ser surpreendida. :)

      Eliminar
  4. Não, perdia a piada toda!

    P.S.: O look é bem confortável, sim! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perdia muita piada, concordo... Apesar da curiosidade, prefiro ser surpreendida, daí optar pelo Não, não quero saber!

      :)

      Eliminar
  5. Eu não consigo dar uma resposta com total segurança pois tenho argumentos para dar ambas as respostas.

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, percebo. Nesse caso, é melhor esquecer o livro e continuar como estamos! :)

      Eliminar
  6. Se me dessem um livro com a história da minha vida, eu dava era um prémio ao tipo que perdeu o seu tempo a escrever um livro sobre mim. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca se sabe... Nunca é tarde para um livro acerca do Francisco em modo Pensador!
      (estou a meter-me contigo!) :)

      Eliminar
    2. Eu entendi. :)
      Deduzo que seja esse o lado pelo qual deves sentir mais apreço. Talvez seja o lado mais cativante mas em Portugal só a palavra "Pensador" já condenaria o livro a ser um grande fracasso. Este pessoal não gosta de pensar muito... :)

      Eliminar
  7. Respostas
    1. A curiosidade existe, porém, talvez seja melhor esquecer o livro e viver sem saber o que virá depois! :)

      Eliminar
  8. Big no!
    Por todos os motivos e mais algum :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está decidido portanto... :) e eu compreendo a decisão, obviamente.

      Eliminar
  9. Não mesmo! Acho que tinha medo de não gostar do final!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entendo. Nesse caso, é deixar que a vida surpreenda! :)

      Eliminar
  10. Mas o livro da nossa vida já está escrito ou ainda somos nós que temos o poder de o escrever a cada dia, cada hora, cada segundo que passa?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Livro em papel?! :)
      Talvez esteja escrito, talvez não.
      Feliz ou infelizmente, não tenho (não temos) resposta para essa questão. Ainda não!

      Eliminar