1 de dezembro de 2017

Aplauso


6 comentários:

  1. Um grande,grande, grande aplauso! Grande Zé!

    ResponderEliminar
  2. Admiro todas as pessoas que conseguem largar um vicio, ele era um deles. Aplausos para ele que já partiu e para quem ainda está entre nós e largou os vicios.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, Mena. Partiu cedo, contudo, acho que ele aproveitou a vida enquanto cá andou. Teve ali uma fase menos feliz (com consequências), mas como bem disseste, felizmente conseguiu largar os vícios.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Também fiquei chocada quando recebi a notícia. Tinha acabado de entrar no carro quando ligo o rádio e dou de cara (ouvido) com a notícia do falecimento!
      Nunca estamos preparados para encarar a morte, porém, ele estava doente e bastante fragilizado e isso foi notório no último concerto dos Xutos a 4 de Novembro.
      Foi um concerto em modo "despedida" e acho que ele tinha noção da gravidade da situação, bem como os colegas da banda e até o público, que "puxou" imenso pelo Zé Pedro. Ele ficou feliz com o carinho de todos.
      É triste, mas acho que neste caso ele aproveitou bastante a vida (apesar das consequências de diversos exageros), cumpriu a sua missão e vai em paz.

      Até sempre!

      Eliminar